Destaques

Dr. Cláudio da Cunha

Ipamerino, filho da Professora Ana Angélica Cunha e do comerciante Telamon Cunha. Após cursar Biologia na Universidade de Brasília, (UnB) e terminar em 1992 seu doutorado em Bioquímica sob a orientação do Dr. Ivan Izquierdo, renomado cientista que pesquisa a neurobiologia da memória, ele ingressou como professor de farmacologia e neurociência na Universidade Federal do Paraná onde fez sua carreira acadêmica. Coordenador de projetos de monografias de iniciação científica e teses de mestrado e doutorado, também é pesquisador do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico desde 1994. Fez um pós-doutorado no Centro de Estudos da Memória (http://www.cnlm.uci.edu) da Universidade da Califórnia, Irvine (UCI). Trabalhou como professor visitante na Universidade de Bath (www.bath.ac.uk) na Inglaterra e visita com freqüência várias cidades brasileiras, da América Latina, EUA e Europa, participando de congressos e proferindo palestras sobre seu tema de pesquisa – o estudo dos sistemas cerebrais envolvidos na elaboração de ações motoras das memórias de procedimentos (habilidades, condicionamentos, hábitos). Entre seus mais de 50 trabalhos publicados em revistas científicas de renome internacional, destacam-se os que propõe um modelo animal das alterações cognitivas observadas na fase inicial da doença de Parkinson. Modelos animais como estes são importantes para o progresso dos estudos da mente humana e as doenças neurológicas e psiquiátricas que a afetam e de medicamentos para as mesmas. Foi convidado para co-editar um número especial da revista Behavioural Brain Research (Estudos Comportamentais do Cérebro), que vai reunir 14 trabalhos de renomados cientistas que estudam este sistema cerebral, modelo que ele denominou de "o mosaico dos espelhos quebrados". Mesmo antes de sua publicação, este modelo fez sucesso quando foi apresentado em Congressos como o que recentemente reuniu cerca de 2.400 neurocientistas ibero-latino-americasos em Búzios, RJ. Em novembro deste ano, este modelo será apresentado no Congresso da Sociedade Americana de Neurociência (SfN) que deverá reunir mais de 20 mil neurocientistas em Washington, nos EUA.
Para saber mais: http://lattes.cnpq.br/6408257624509628

Cláudia Estrela Porto

Claudia Estrela Porto é vice-diretora da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Univesidade de Brasília, pela qual se graduou em 1984 e onde desde , ensina e faz pesquisas no domínio das estruturas. Residiu em Paris de 1989 a 1993, onde realizou um curso de especialização em madeira _ CEAA-Bois (Certificat d ´études approfondies em achchitecture) – Na École d`Architecture Paris-Tolbiac, em 1989, um DEA sobre história da tecnologia da construção e defendeu tese de doutorado sobre a obra de Stéphane Du Chateau, os dois últimos na Université de Paris I– Phanthéon-Sorbonne. Em 1999, um ano sabático a conduziu à Agência RFR, fundada por Peter Rice em Paris. Redigiu estudo sobre “As diferentes tipologias de estruturas espaciais em Brasília” (2002), colaborou com a revista Architecture à Vivre em 2003, organizou com Gérard Monnier o livro “Brasília – L ´épanouissement d ´une capitale (Paris, Èditions Picard, 2006, foi co-autora do livro Oscar Niemeyer na Itália, ou lembranças do arquiteto na terra dos Doges (Brasília, Embaixada da Itália, 2007, e autora do livro Sérgio Parada – Aeroporto Internacional de Brasília (São Paulo Editora C4, 2008) Desde 1990 coordena vários Acordos Internacionais entre a FAU/UnB e outras universidades, principalmente italianas e francesas.

Dr. José Carlos Lyra Fleury

Aguardando biografia.

Dr. Alfredo Júlio Fernandes Neto

Ipamerino, filho de Fénelon Fernandes Horbylon e Terezinha Horbylon, Doutor em Odontologia foi Dirtor deste Departamento por alguns anos e em setembro de 2008 foi eleito Reitor da UFU - Universidade Federal de Uberlândia - MG. neste mês de Setembro/2008.

(Aguardando outras informações do Currículum)

 

Dr. Luiz Sérgio Pacheco Santos

Médico oftalmologista, presidente empreendedor da ONG AMAZONAS VISÃO que tem finalidades de prestar assistência à população ribeirinha do Rio Amazonas e desenvolver projetos de preservação do meio ambiente. Visite http://www.amazonasvisao.org.br/index3.htme veja reportagens, vídeos e inclusive porque o Projeto não foi implantado no Rio Araguaia em Goiás.
Luiz Sérgio é ipamerino e filho do Senhor Castorino. (Aguardamos dados completos para complementar as suas informações pessoais.)